Alimentação

Dietas da Moda

As dietas da moda estão crescendo cada vez mais, mas há muitas dúvidas sobre elas! 

A busca pelo emagrecimento é um dos temas mais discutidos na mídia, não apenas pela interferência na saúde dos indivíduos, mas também pelo culto à beleza e o status adquirido com o “corpo fitness”. Recorrentemente, ocorre a divulgação de novas dietas com a promessa de efeitos milagrosos, principalmente na internet, um meio rápido e eficiente de divulgação. Contudo, fica a dúvida quanto à validade dessas informações.

As “dietas da moda”, que prometem redução de peso rápida e sem sacrifícios, são dissociadas dos diversos determinantes da saúde e da nutrição, e constituem padrões de comportamento alimentar não usuais, adotados entusiasticamente por seus seguidores. São exemplos de dietas da moda:

  • Dieta alcalina
  • Dieta detox
  • Dieta dukan
  • Dieta termogênica
  • Suco verde
  • Água de berinjela
  • Entre outras;

Seu sucesso é atribuído especialmente à motivação inicial das pessoas pelo contato com algo novo, além da promessa de resultados rápidos. Entretanto, a adesão à dieta é temporária, sendo usualmente abandonada em poucas semanas. Uma vez que as mudanças propostas não condizem com os hábitos e o cotidiano do indivíduo.

De forma geral, além de não possuírem embasamento científico, essas dietas criam expectativas irreais relacionadas à velocidade e à quantidade de peso perdida. Podem, ainda, causar deficiências nutricionais, compulsões e potenciais riscos à saúde, se conduzidas por um longo período.

O Guia Alimentar para a População Brasileira postula que uma alimentação adequada e saudável perpassa por aspectos biológicos e sociais do indivíduo, devendo esta em acordo com as necessidades alimentares especiais; acessível do ponto de vista físico e financeiro; harmônica em quantidade e qualidade; e baseada em práticas produtivas adequadas e sustentáveis.

Em contrapartida, as “dietas da moda” usualmente se limitam a considerar apenas a ingestão de nutrientes e calorias, não abarcando as singularidades do indivíduo e o contexto em que vive.

Dica:

Busque uma orientação de um profissional de saúde, especialmente o nutricionista para melhor resultado e manutenção adequada e saudável.

FONTE:  Ministério da Saúde

Compartilhar é Cuidar!
Produtinhos
Ervas e Especiarias: Como Usar?
Macarrão Integral com frango e brócolis

BUSCAR

CADASTRE-SE!

Destaques

Cadastre-se para receber ofertas, dicas e receitas incríveis direto no seu e-mail! 😀

Preencha esse campo
Preencha esse campo
PRODUTO

Da Semana

COMER BEM,

Faz Bem!

Comer bem é uma das melhores coisas da vida e para todos os momentos, nós temos um sabor especial.

Menu